Valorização dos associados é um dos propósitos da nova gestão do CCS-SP

Recém-empossada, diretoria quer evidenciar o talento de seus associados por meio do projeto Prata da Casa, que envolve a divulgação em vídeos, lives, site e mídias sociais.

Diretoria – Gestão 2020/2022

Reeleita por aclamação, a recém-empossada diretoria do Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo (CCS-SP) agora se prepara para colocar em prática o seu plano de gestão, cujo maior destaque é a valorização dos associados. O mentor Evaldir Barboza de Paula e os cinco membros da sua diretoria, dos quais três iniciam agora a sua primeira gestão, planejam trazer à tona os talentos dos associados do CCS-SP, que é reconhecido como um celeiro de lideranças.

O mentor explica que a ideia é produzir vídeos e promover lives na internet para divulgar, inclusive no site e redes sociais do CCS-SP, a expertise dos associados em áreas específicas, como, por exemplo, em grandes riscos, seguros de linhas financeiras, seguro de pessoas etc. O projeto já tem nome, é o Prata da Casa. “Este projeto é a minha mosca branca de olhos azuis nessa segunda gestão. Dará visibilidade aos associados, trazendo aprendizado, parceria e evolução profissional. Será fantástico”, diz.

Evaldir Barboza de Paula

Outras propostas da nova gestão convergem para preparar o ambiente para o novo projeto. Dentre elas, o recadastramento de associados, pelo qual serão identificadas as especializações, e a produção e divulgação no site de matérias jornalísticas com os associados. Para comportar este e outros conteúdos, o site do Clube dos Corretores será reformulado e passará a contar com espaço para publicidade como meio de trazer mais recursos para a entidade.

“Está na hora de avançarmos com a exploração comercial de uma associação quase cinquentenária e muito respeitada, por meio da oferta de espaço publicitário em nossas mídias”, diz o mentor. Ele acrescenta que faz parte do plano reduzir custos, considerando a possibilidade de transferir a sede para outro local. “Mas, sem perder a qualidade dos serviços prestados”, diz.

A diretoria planeja, ainda, criar um canal de comunicação exclusivo com os associados por meio do site do CCS-SP, que passará a contar com área restrita, com acesso por meio de login e senha. “Já passou da hora de os associados terem acesso às informações de seu interesse disponíveis 24 horas. Precisamos avançar”, diz o mentor.

Outros pontos do plano de gestão

Igualmente com foco nos associados, a nova gestão planeja modernizar o estatuto e o regimento interno do Clube dos Corretores. De acordo com o Evaldir Barboza, o estatuto está defasado em relação às demandas atuais. Ele cita o exemplo do Conselho Consultivo, cujas funções são incipientes, a seu ver, dada a importância dos seus integrantes, os ex-mentores. “A atualização é primordial para que o associado tenha clareza sobre os seus direitos e deveres, não pela interpretação, mas pela literalidade”, afirma.  

No que depender da nova gestão, 2021 começará com o calendário de eventos do CCS-SP já definido. O mentor explica que a antecipação é necessária porque os investidores (empresas da área de seguros) costumam concluir seu plano de marketing um ano antes. “Se não for assim, preparar eventos dias antes seria uma grande aventura”, diz.

Também entram na programação, segundo ele, eventos extraordinários externos com parceiros e a parceria com outras entidades para a realização de eventos conjuntos. O mentor explica que nem sempre o calendário de eventos do CCS-SP, que tradicionalmente realiza seus almoços na primeira terça-feira de cada mês, comporta o formato desejado por alguns investidores. Daí porque o Clube criou novos eventos, como a Happy Hour de Negócios, que também serão permanentes no calendário.

Ele adianta que os eventos virtuais, necessários neste ano por causa da pandemia, deverão continuar em 2021. “Serão mais frequentes e intensos, evitando temas inconvenientes ou ultrapassados, realizados em parceira com outras associações semelhantes em todo o território nacional”, diz.

Publicação sobre os 48 anos do Clube

Os dois últimos pontos do plano de gestão são a digitalização de documentos do CCS-SP, com o armazenamento na nuvem, e a exposição de documentos históricos na sede. “Recentemente, entregamos aos associados uma publicação virtual que retrata a trajetória de 48 anos do Clube dos Corretores, porque entendemos que essa história precisa ser preservada. Oportunamente, a obra impressa será enviada aos associados. O término da atual gestão coincidirá com o cinquentenário do CCS-SP, que será festejado em grande estilo”, diz.

Fonte: CCS-SP |Texto: Márcia Alves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s