Ex-mentores do CCS-SP em destaque

Os corretores de seguros Alexandre Camillo e Boris Ber assumem cargos de liderança no setor.

Reconhecido como celeiro de talentos da corretagem de seguros, o Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo (CCS-SP) é também reduto de lideranças da categoria. No final de 2021, dois ex-mentores do Clube se destacaram no cenário do setor de seguros. Alexandre Camillo (mentor na gestão 2012/2014) foi empossado superintendente da Susep, depois de encerrar seu mandato na presidência do Sincor-SP. Boris Ber (mentor nas gestões 2004/2006 e 2006/2008) foi eleito presidente do Sincor-SP.

Camillo, que sempre fez questão de reconhecer a mentoria do CCS-SP como marco inicial de sua trajetória político-associativa, comentou em seu discurso de posse na Susep, em dezembro, o maior desafio de sua carreira.

Alexandre Camillo

– Busco o desenvolvimento do setor, primeiramente por gratidão, pois faço parte deste mercado desde meus 19 anos, e foi onde consolidei meus valores, princípios, minha família, minha formação acadêmica, minhas conquistas materiais e afetivas. E também por ideologia, pois acompanhei o caminho de crescimento percorrido pelo setor, mas sei que é muito maior o caminho a percorrer. Quero traçar uma rota assertiva com todas as lideranças do setor que nos leve ao epicentro do potencial do mercado de seguros.

Já Boris Ber, que é corretor de seguros há mais de 40 anos e, antes de ser eleito presidente do Sincor-SP, em novembro, ocupava a 1ª vice-presidência na gestão de Alexandre Camillo, desde 2014, se recordou de sua passagem pela mentoria do CCS-SP.

Boris Ber

– A emoção que tive, em 2004, quando fui eleito pela primeira vez mentor do Clube dos Corretores, foi muito grande e, principalmente, um desafio de ver um mundo de pessoas, seguradoras, corretores em torno de um objetivo. Essa emoção se renova agora, essa responsabilidade à frente ao Sincor-SP. Quero agradecer ao mercado segurador como um todo, seguradoras, corretoras, entidades, pelo apoio recebido. Isso aumenta a minha responsabilidade, a nossa responsabilidade, e falo aqui em nome da minha diretoria executiva.

O mentor do CCS-SP, Evaldir Barboza de Paula, lembra que o CCS-SP atuou, inclusive, para o reconhecimento da Fenacor e também compôs, por meio de diversos de seus membros, a primeira diretoria da federação. “O Clube tem a tradição de formar lideranças para o setor de seguros”, diz.

Fonte: CCS-SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s